Endpoint: Segurança da informação é essencial para sua empresa!

Compartilhe esse conteúdo

O endpoint é um mecanismo de extrema importância para os mais diversos modelos de corporações do mercado atual, uma vez que possibilita que os pontos de conexão entre os dados permaneçam protegidos contra todos os possíveis ataques que a firma possa sofrer.

Deste modo, não se pode negligenciar este aspecto, uma vez que, seja em uma empresa de tele entrega ou uma startup de contabilidade, bem como qualquer outro negócio que faça uso de máquinas para armazenar informações, a segurança se faz necessária.

Para que se possa evitar fraudes, roubos e outros graves problemas que podem advir de ataques cibernéticos, é necessário que se faça um bom uso dessas novas ferramentas do mercado digital.

Mas, da mesma forma que nem mesmo um laudo periculosidade eletricista pode ser feito de forma efetiva para alcançar os seus objetivos se os técnicos responsáveis não souberem executar da maneira certa, é preciso conhecer bem o Endpoint para poder usá-lo.

Entendendo o que é o Endpoint

O Endpoint Security, que também é conhecido como Endpoint Protection, é uma ferramenta que atua para preservar a segurança de dados da empresa entre pontos de conexão.

Ou seja, o Endpoint é responsável por garantir que os acessos dos navegantes não sejam uma porta de entrada para um possível ataque cibernético.

A segurança da informação atua com um trabalho que envolve um conjunto de resoluções que servem para proteger as informações no ambiente físico e digital de uma organização, ainda que ela trabalhe com pintura residencial londrina

De forma contextualizada, o Endpoint, que significa ponto de extremidade em português, pode ser qualquer dispositivo, sendo ele móvel ou não. Ele pode ser desde uma estação de trabalho até mesmo notebooks, tablets e celulares, que possam ser conectados a uma rede.

Assim, a segurança de Endpoint visa possibilitar que todos os serviços conectados a uma rede estejam protegidos contra os diversos tipos de ataques cibernéticos, tais como worms, cavalos de tróia, spywares, além de rootkits e ataques de vulnerabilidades de software.

O Endpoint Security trabalha na interrupção de ameaças, no acompanhamento da integridade geral do sistema e na produção de relatórios com informações acerca da detecção e dos status.

O software cliente é instalado em cada um dos sistemas, porém possui um orquestrador centralizado, de modo a manter uma organização tão singular quanto aquela que é proporcionada por uma catraca de acesso para academia.

O sistema de segurança engloba o gerenciamento de permissões de instalação e de acessos a aplicativos, bem como controle de acesso à rede e à Internet.

Além disso, engloba também o controle de dispositivos, a administração contra perda de dados, a detecção e a resposta de ameaças e principalmente a proteção anti-malware.

Dito com outras palavras, o sistema assegura os servidores, os sistemas de computadores, laptops e tablets contra as ameaças, sejam elas conhecidas ou desconhecidas.

Dentre essas ameaças, é possível citar o malware, as comunicações suspeitas, os sites não confiáveis e até mesmo os arquivos baixados. Dessa forma, se prevenir contra isso é importante até mesmo nas lojas que vendem piso laminado para cozinha.

A importância de manter as informações seguras

Ameaças como vírus e ataques cibernéticos podem ocasionar prejuízos de milhões para qualquer empresa do mercado, independente do seu tamanho e do segmento em que atuam. 

E esses ataques podem acontecer quando os empresários estiverem menos preparados. Existem diversos caminhos pelos quais esses ataques podem seguir, tais como sequestro de dados com Ransomware, ou perda de informações confidenciais.

Além do mais, também podem ocorrer roubos de senhas bancárias, lentidão e danos a aplicações e servidores, pausas nos trabalhos dos usuários enquanto os computadores estão em manutenção, ou mesmo aplicações indisponíveis

Para que se possa ter uma noção sobre a importância desse assunto, segundo o FBI, os prejuízos proporcionados por diferentes tipos de malware somaram mais de USD 11 milhões apenas no ano de 2018.

Já em 2019, conforme aponta o Ponemon Institute, o custo médio das violações de dados bateu USD 3,92 milhões, o valor mais alto registrado até os dias de hoje.

É nesse cenário que surge a importância de manter a integridade e segurança dos sistemas digitais, uma vez que até mesmo para os dados que se relacionam com ferramentas como controle de acesso automatizado é necessário que haja cuidado.

Desse modo, ainda é possível citar cinco dentre os principais benefícios que a segurança da informação fornece às empresas de um modo geral. São eles:

  1. Diminuição de gastos;
  2. Instalação simples;
  3. Administração centralizada;
  4. Bloqueio de práticas indesejadas;
  5. Fácil integração com tecnologias novas.

Ao invés de apostar em componentes separados para assegurar a proteção de cada dispositivo conectado na rede, o sistema de Endpoint agrupa os componentes necessários em um só grupo, o que é muito mais vantajoso do ponto de vista financeiro.

Basta, para isso,  instalar e ajustar o servidor central que fará a segurança da rede. Deste modo, os dispositivos só poderão conseguir acesso a rede a partir da instalação do cliente em seus dispositivos.

É possível centralizar a rede partindo do sistema gerenciador de segurança que, neste caso, trata-se do Endpoint.

Dessa maneira, o gerente de infraestrutura de TI da companhia ou o parceiro terceirizado passa a ser o gerenciador do servidor de Endpoint, sendo responsável pelo controle para a revogação, além de conceder permissões de uso.

Ele também é responsável por auditar a segurança, obter relatórios, monitorar a rede, entre diversos outros aspectos.

Essas ações acontecem por meio de um orquestrador ou portal de gerenciamento remoto. Desse modo, coisas simples como uma regua de tomadas profissional já são um grande passo para o manuseio dessas operações.

Apesar da falha na segurança, em diversas ocasiões, não acontecer de modo intencional, invasões indesejadas podem ser constantes no ambiente organizacional.

Para citar um exemplo, se um funcionário de uma companhia coloca um pendrive infectado no computador do trabalho, pode ocorrer, só com isso, uma vulnerabilidade no sistema.

Por esta razão, algumas empresas possuem políticas de segurança que proíbem que funcionários conectem dispositivos internos em estações de trabalho

Deste modo, softwares de segurança de Endpoint podem auxiliar no bloqueio desse tipo de atividade.

Como o sistema de segurança trata-se apenas de um composto, torna-se mais simples que novas soluções sejam incrementadas no sistema de modo simples.

Dessa maneira, as empresas têm acesso às atualizações de modo seguro e unificado, de uma vez só e para todos os dispositivos.

Se um ataque ransomware conseguir alcançar um dispositivo que está conectado em uma rede e perceber que ali não há nenhuma medida de proteção, certamente a rede acabará sendo hackeada, e todas as informações confidenciais são criptografadas e sequestradas.

O que ocorre a seguir é a petição de um resgate que pode chegar até mesmo a milhões em dinheiro.

Essa novidade ruim pode acontecer a qualquer hora do dia, até mesmo no momento em que se está plugando um carregador de celular em uma caixa de tomada para mesa de reunião, durante uma palestra na empresa.

Assim, os técnicos de TI terão opções limitadas para sugerir aos superiores, diante de toda essa situação. Seja pagar a quantia pedida, ou correr o risco do compartilhamento de dados dos clientes na web.

Por esta razão, sempre deve ser alertado que a segurança dos computadores e dos dispositivos de colaboradores conectados em sua rede consiste em algo muito sério, e que deve ser uma prioridade.

Apostar na segurança digital não é gastar, é se livrar de problemas financeiros muito maiores investindo em algo benéfico e concreto.

É algo que visa evitar dores de cabeça que comprometem não apenas os caixas da empresa, mas também toda a reputação que ela possui no mercado.

Promo Londres25

Como a ferramenta de Endpoint funciona?

A instalação de um Endpoint possibilita ao time de TI menos complexidade, em virtude da sua atividade proativa para encobrir brechas no servidor.

Um de seus recursos é o ajuste das falhas e das vulnerabilidades antes mesmo do ataque cibernético.

Deste modo, é fundamental frisar que a segurança de Endpoint não atua de forma independente, mas é uma ferramenta de proteção aliada ao grupo completo dos processos e das pessoas contra os ataques virtuais.

Por outro lado, o Endpoint Security segue os passos das novas tecnologias e das evoluções de malwares e ransomwares que são direcionados para cada computador. 

Considerações finais

A partir daquilo que foi abordado neste artigo, é possível perceber que a segurança da informação é uma das maiores aliadas do profissionalismo e da boa fama das empresas no mercado.

Muito mais do que isso, ainda é possível dizer que, sem o investimento adequado nesse tipo de ferramenta, as companhias estão vulneráveis a graves riscos que podem comprometer não apenas a organização, mas aqueles que nela confiaram.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Compartilhe esse conteúdo